Pesquisar este blog

sábado, 17 de janeiro de 2015

Conheça o Religioso Irmão Blemar

Entrevista 11 de Janeiro de 2015, ao Blog Celebridades do Maciço, Irmão Blemar.


Saudação: Paz e bem!

Amados vim a esse mundo pela vontade de Deus no dia 29 de dezembro de1969. Natural de Aracoiaba-Ce. Com poucos dias de nascido, fui batizado no dia 29 de março 1970, pelo Pe. Domingos Vasconcelos na Igreja Matriz de Aracoiaba. O ultimo entre 11(onze) filhos de Terezinha Pinheiro Rocha e Milton Guedes da Rocha de família simples vivi amos da agricultura e ajuda dos avós paternos e maternos por longo período.

Dá minha mãe recebi esmerada educação religiosa, sempre voltada as coisas sagradas era de praxe nos levar as novenas do mês de maio, do natal, do Sagrado Coração de Jesus e outras como a da festa da padroeira e de São Francisco co-padroeiro. Já bem cedo passei a frequentar o catecismo sobre orientação das irmãs Josefinas ( filha espirituais de São José no patronato N.S de Loudes. Em 8 de Dezembro de 1982 aos 11(onze) anos, recebi do Céu aquele que seria o melhor acontecimento da minha vida, JESUS CRISTO, vivo e presente na Eucaristia, que fora ministrado pelo saudiso e querido Pe. Gabriel Vieira Belo. O soar do sino da matriz era como Deus nos chamando a ouvi-lo.
O tempo passou rápido e veio a adolescência, e com ela um afastamentos dos retos caminhos, pois, o mundo me abrira um leque de opções; jogos, lugar diversos, companhias erradas, causando o distanciamento da verdadeira companhia Jesus.
No entanto continuava viva no coração a semente dos ensinamentos do evangelho e que pelos conselhos de  minha mãe fez brotar novamente ramos esperança. Voltei  a contempla a Deus como outrora, passei a fazer partes dos grupos da igreja.
Em 1999, fui inserido no grupo "restauração", no ritmo da renovação carismática, ficando por alguns anos, fui membro da infância missionária quando também já mi preparava para receber o santo óleo ungido do crisma que se deu em 02 de dezembro deste mesmo ano (1999), no pastoreio de Pe. Marcos Vinícios na presença marcante do monsenhor Souto e toda a comunidade. Também passei a frequentar o grupo carismático (COT) ficando aí por pouco tempo.
Em outubro do ano 2000, fui convidado a fazer parte da família franciscana por meio da JUFRA (Juventude Franciscana), que tem com fundadora Santa Rosa de Viterbo. estudei o estatuto e formação por um certo período até a maturidade que culmina na O.F.S pelo convite inspirado na vontade de Deus pelo irmão Evandro  que mi sugeriu participar da O.F.S fundada por São Francisco de Assis a todos os leigos que queiram se consagrar.
Sem titubear aceitei e logo fui inserido sendo por (4) quatro anos preparado para entrar no iniciando ou postulado, permaneci no postulado até a conclusão da formação. Depois mais um ano como formando ou noviciado.
Superado esse tempo chegou o dia "D" ou seja a admissão  ou profissão definitiva na O.F.S 
Era o dia 09 (nove) de abril de 2005, quando recebi a consagração da família de São Francisco de Assis, tornando "filho espiritual do pobrezinho de Assis".
Como irmão consagrado secular Franciscano, devo refletir em minha vida a luz de Cristo e o exemplo de profunda humildade testemunhando através de palavras e da própria vida.
Na matriz de Nossa Senhora da Palma pelas mãos do Pe. José de Lima proferi os juramentos de viver essa ordenação enquanto eu viver. Na fraternidade Nossa Senhora da Conceição, exerci alguns serviços como; animador fraterno, mestre de iniciando, mestre de formando, e atualmente auxilio como secretario de O.F.S, fui ainda membro do coral Imaculado Conceição, Auxiliar de crisma, catequista  da iniciação Cristã e membro da pastoral do dízimo.
Nas missa sobre a responsabilidade da família franciscana auxilio na liturgia sempre que sou chado.

"Quem não servi não tem amor em si", Paz e Bem!
Irmão Blemar.

Matéria: Valdevan Marcelino.
Blog Celebridades do Maciço.


Postar um comentário